O cantinho da cachaça

Não é de hoje que tenho a vontade de ter um bar, marido mais que eu. 

Trabalho em um restaurante que também vende cervejas artesanais e com o tempo fui gostando de algumas. É comum quando algum funcionário faz aniversário, darmos cervejas de presente e comigo não foi diferente. No dia do meu niver ganhei algumas cervejas e marido já tinha umas garrafas de whisky que ganhou, aí a vontade aumentou de fazer um mini bar. Claro que algumas cervejas já bebemos e as que sobraram ficaram expostas, mas conforme forem consumidas, serão substituidas. A regra é: antes de beber uma, coloque outra no lugar e assim vai ser.

Em uma corrida rotineira que marido faz pra treinar, ele achou umas prateleiras de vidro temperado em uma vidraçaria que estavam destinadas ao lixo.  Precisaríamos apenas comprar os suportes.

Começamos a pensar em que lugar da sala, porque não poderia ser um lugar de fácil acesso para nosso baby de 3 anos que é um anjinho. Então colocamos no canto da parede, de frente para a estante e com uma certa altura.



Ao longo do tempo trabalhando nesse restaurante, comprei e ganhei algumas taças de cervejas e fui juntando já pensando nessa idéia. Também juntei porta copos das cervejarias no qual são nossos fornecedores para a decoração na parede.


assim ficaria a parede sem a decoração dos porta copos

O mais trabalhoso foi colar os porta copos na parede. Trabalhoso porque essa parte foi eu que fiz kkkkk nos processos anteriores o marido que fez, então foi moleza pra mim.

Colar um por um exige paciência mas o resultado final recompensa.






O que acharam? Ta aprovado?






                                                                                                            

Me animando novamente

Acabei de baixar o app do blogger e me espantei com a data da minha última publicação: 22/11/15.



Isso mesmo quase 1 ano e meio ausente. Também pudera, ralando igual uma condenada, filho e rotina pesada me fizeram desanimar de passar por aqui. 

Agora continuo ralando igual a uma condenada em uma nova empresa e a cria já esta com seus recém 3 anos. Dá trabalho mas não como antes e vou tentar retomar com esse antigo hobby.

Atualizando a vida:

Trabalho agora  em um restaurante, mudei de endereço, filhote crescendo e eu querendo que ele volte a ser bebê, querendo uma segundinha mas com esse mundo de louco acabo sempre repensando.

É isso...